A partir do dia primeiro de janeiro de 2023, o Vereador Dirceu da Silva Paulino (Solidariedade) será o novo Presidente da Câmara de Mogi Mirim, substituindo a Vereadora Sônia Regina Rodrigues Módena (PSD).

Dirceu disputou a eleição com outros sete vereadores: Ademir de Souza Floretti Junior (Republicanos), Cinoê Duzo (PTB), Joelma Franco da Cunha (PTB), Orivaldo Aparecido Magalhães (PSDB), Alexandre Cintra (PSDB), Geraldo Vicente Bertanha (União Brasil) e Tiago Cesar Costa (MDB). E venceu com dez votos.

Na Sessão Especial dessa segunda (06/12), os vereadores também elegeram os outros quatro cargos que compõem a Mesa Diretora. Alguns dos atuais integrantes da Mesa continuarão em outros cargos – o regimento interno da Câmara veda a reeleição para o mesmo cargo na Mesa Diretora, numa mesma legislatura.

A Vice-Presidência da mesa – que atualmente é exercida pelo Vereador Geraldo Bertanha –, nos próximos dois anos, será exercida pela Vereadora Drª Lúcia Tenório (Cidadania), que foi eleita com 11 votos. Já a 2ª Vice-Presidência – que atualmente tem Dirceu no cargo – será exercida por João Victor Gasparini (União Brasil), eleito com nove votos.

Para o cargo de 1º Secretário – atualmente exercido por Luis Roberto Tavares (PL) –, os vereadores elegeram a Vereadora Mara Cristina Choquetta (PSB), com dez votos. E para o cargo de 2º Secretário – atualmente exercido pela Drª Lucia –, o Vereador Marcos Paulo Cegatti (PSD), com doze votos.

 

Como encerramento da Sessão Especial, o futuro Presidente da Câmara, Vereador Dirceu da Silva Paulino, parabenizou a atual Presidente, Vereadora Sônia Módena, pelo trabalho e dedicação nesses dois anos à frente da Câmara. Dirceu também parabenizou os demais vereadores da atual Mesa, acrescentando: “Eu sei que foram dois anos difíceis para a Mesa, algumas decisões e votos foram difíceis, mas foram sempre pautados pela legalidade e pelo bem da população.”

Dirceu também agradeceu sua família, os assessores dos vereadores (especialmente sua assessora Hermínia Dovigo), os funcionários da Câmara e todos os vereadores. “Nós podemos discordar, nós podemos pensar diferente. Mas o respeito que eu sempre tive por cada um aqui nunca faltou. (…) Eu quero agradecer o voto de confiança de cada um de vocês. Mesmo os que não votaram [em mim]. Isso é sinal que eu preciso melhorar.”

Por fim, o próximo presidente destacou: “Saibam que nessa noite vocês fizeram história. Porque pela primeira vez pelo que me consta, um negro é eleito Presidente da Câmara por voto dos seus pares.” E acrescentou que fará uma presidência compartilhada: “Eu quero que a Presidência seja uma ferramenta para todos poderem fazer o máximo como vereadores, porque é pra isso que nós estamos aqui. Para fazer o máximo (...) principalmente pela população de Mogi Mirim.”



Mais Notícias

16ª Sessão Ordinária: veja projeto de lei aprovado em segundo turno

Ler a notícia

Toneladas de doações, arrecadadas na Câmara, são enviadas para o Rio Grande do Sul

Ler a notícia