Durante o Expediente da 8ª Sessão Ordinária, no dia 27 de março, a Vereadora Drª Lúcia Tenório (Cidadania), utilizou sua fala para lembrar a todos do "Março Roxo", campanha de conscientização sobre a epilepsia.

“Dia 26 de março, foi comemorado o Dia Mundial da Epilepsia. Fiz um requerimento [77/2023] solicitando que o Dia da Epilepsia seja incluído no calendário municipal de eventos. E foi aprovado. A epilepsia não é contagiosa. Nós não precisamos ter medo, nem correr do epiléptico. Nós temos que abraçá-los e acolhê-los. E eu solicitei à Prefeitura que fizesse algum evento. As escolas até fizeram algum movimento. Mas nós precisamos esclarecer [sobre a doença] para que as pessoas conheçam e não tenham medo. A gente pensa que é algo estranho, mas 2% da população mundial têm epilepsia. Isso equivale a mais ou menos 50 milhões de pessoas. Esse Março Roxo que a gente comemora, a gente deve sim fazer uma menção honrosa a essas pessoas que sofrem de epilepsia. Eu queria que todos trouxessem esse tema para as escolas e postos de saúde, como acontece com a hipertensão, diabetes. Porque quem convive com a epilepsia sabe o preconceito que existe.” 

A Vereadora Drª Lucia Tenório também é autora da Lei Municipal nº 6.459, de 2022, que institui no calendário municipal o "Março Roxo - mês dedicado à defesa dos direitos da pessoa com epilepsia."

 

 



Mais Notícias

16ª Sessão Ordinária: veja projeto de lei aprovado em segundo turno

Ler a notícia

Toneladas de doações, arrecadadas na Câmara, são enviadas para o Rio Grande do Sul

Ler a notícia