Com voto favorável de todos os vereadores, a Câmara aprovou Projeto de Lei nº 52, de 2023, de autoria do Prefeito. O projeto inicialmente tratava de abertura de crédito adicional especial suplementar, por remanejamento parcial de dotações orçamentárias, no valor de aproximadamente R$ 578 mil.

No entanto, com a articulação dos vereadores e comissões, o projeto recebeu uma Emenda Substitutiva – de autoria da Comissão de Finanças e Orçamento –, alterando o mencionado valor para cerca de R$ 780 mil. 

Os recursos financeiros são oriundos de emendas impositivas dos vereadores e serão destinados para as seguintes secretarias (em valores aproximados):

- Secretaria de Assistência Social (R$ 50 mil), com emendas impositivas da Vereadora Lúcia Tenório (Cidadania);

- Secretaria de Cultura e Turismo (R$ 74 mil), com emendas impositivas dos Vereadores Mara Choquetta (PSB), Marcos Franco (PSDB) e Marcos Cegatti (PSD).

- Secretaria de Educação (R$ 213 mil), com emendas impositivas dos Vereadores Ademir Junior (Republicanos), Alexandre Cintra (PSDB), Cinoê Duzo (PTB), Luiz Roberto Tavares (PL), Mara Choquetta, Marcos Franco, Sônia Módena (PSD), João Gasparini (União Brasil) e Tiago Costa (MDB);

- Secretaria do Meio Ambiente (R$ 15 mil), com emendas impositivas da Vereadora Sônia Módena (PSD); 

- Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer (R$ 41 mil), com emendas impositivas dos Vereadores Márcio Ribeiro (Podemos), Luis Tavares e Tiago Costa;

- Secretaria de Saúde (R$ 317 mil), com emendas impositivas dos Vereadores Cinoê Duzo, Marcos Franco, Joelma Franco da Cunha (PTB), Mara Choquetta, João Gasparini, Tiago Costa, Alexandre Cintra, Dra. Lúcia Tenório, Marcos Cegatti e Luis Tavares;

- Secretaria de Segurança Pública (R$ 70 mil), com emendas impositivas da Vereadora Joelma Franco. 



Mais Notícias

12ª Sessão Ordinária: veja o que será discutido e votado na "Ordem do dia"

Ler a notícia

Câmara aprova dois PLs, em turno único, e um PL, em primeiro turno, na 11ª Sessão Ordinária

Ler a notícia