Material de divulgação da campanha.

 

Neste primeiro mês de 2023, acontece em nível nacional a campanha "Janeiro Roxo", de combate contra a hanseníase. A campanha visa informar a população sobre essa doença (antigamente conhecida como "lepra" e ainda bastante estigmatizada), seu tratamento e sua cura.  

De acordo com informações da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), o Brasil é o segundo país no mundo com mais casos de hanseníase. E os principais sintomas dessa doença são: manchas brancas ou avermelhadas na pele; perda de sensibilidade na área afetada; e dormência nas mãos e nos pés. "Se perceber sinais suspeitos, procure auxílio médico. O tratamento da hanseníase está disponível de graça no SUS. A hanseníase tem cura!", destaca o vídeo realizado na campanha de 2022, informando também que após iniciar o tratamento, o paciente não transmite mais a hanseníase; assim, ainda segundo a SBD, não há motivo para isolamento nem preconceito por medo de contaminação.

Segundo levantamento da Secretaria de Saúde de Mogi Mirim, entre 2010 e 2022, foram registrados 28 casos diagnosticados da doença no município. A secretaria também destaca a importância do diagnóstico precoce para o tratamento: "Quanto antes a hanseníase for diagnosticada, mais rápida será a cura, estabelecendo-se medidas clínicas para o tratamento, essenciais na prevenção das incapacidades físicas geradas pela doença".  

Informe-se sobre o "Janeiro Roxo" e ajude a espalhar essa campanha de combate à hanseníase!   



Mais Notícias

Vereadores participam de lançamento do programa de estágio da Prefeitura e CIEE

Ler a notícia

Câmara homenageia Vereador Marcos Gaúcho

Ler a notícia