Na segunda-feira, dia 11 de dezembro, uma cerimônia no plenário da Câmara homenageou o Instituto Coronel João Leite por seus 100 anos de fundação. A homenagem foi uma iniciativa dos vereadores Alexandre Cintra (PSDB) e Sônia Regina Rodrigues Módena (PSD). 

O evento contou com a presença de Albino Luiz Mantovani, atual presidente da instituição, e de integrantes do Coronel João Leite. Também estiveram presentes as secretárias municipais Cristina Puls (Assistência Social) e Maria Helena Scudeler de Barros (Relações Institucionais), o Presidente da Câmara, vereador Dirceu da Silva Paulino (Solidariedade), os vereadores Cinoê Duzo (PTB), Geraldo Vicente Bertanha (União Brasil), Dra. Lúcia Tenório (Cidadania), Luis Roberto Tavares (PL), Luzia Cristina Cortes Nogueira (PDT), Mara Cristina Choquetta (PSB), Márcio Evandro Ribeiro (Podemos) e Marcos Antônio Franco (PSDB).

Em sua fala, Cintra relembrou pontos importantes da história da instituição, desde sua fundação em maio de 1923 e a inauguração do prédio na Rua Marciliano em abril de 1928, cinco anos após a morte do fundador Coronel João Leite Canto.

Inicialmente, segundo contou o vereador, o objetivo da instituição era fornecer acomodação, alimentação, vestuário e tratamento para pessoas pobres de Mogi Mirim, que não podiam prover sua subsistência e moradia. Ao longo de sua história, o instituto priorizou esse atendimento para pessoas idosas do Município e atualmente atende mais de 30 pessoas, com mais de 60 anos, em regime de acolhimento institucional.

Por fim, os presentes celebraram a instalação de uma placa na galeria da Câmara, para marcar os cem anos do Instituto Coronel João Leite. 

 

  



Mais Notícias

5ª Sessão Ordinária: veja o que será discutido e votado na

Ler a notícia

Revisão do Plano Municipal de Turismo e desapropriações são temas da reunião das comissões desta semana

Ler a notícia