“Socorro”, esse desabafo de um morador foi ouvido na audiência pública de quarta-feira (23) e mostra o nível da preocupação na área rural de Mogi Mirim. A audiência, de autoria do Vice-Presidente da Câmara, Vereador Geraldo Vicente Bertanha (União Brasil), foi convocada para discutir caminhos para evitar os furtos e roubos que ocorrem na zona rural. O evento reuniu vereadores, autoridades da segurança pública, representantes do CONSEG (Conselho de Segurança Pública), moradores e produtores rurais.

Da esquerda para a direita: Delegado João Rissato, Vereadora Sônia Módena, Vereador Geraldo Bertanha, Major Marcos Sandres, Capitão Tiago Coradi, Delegado Dalton Ferreira 

 

O problema da falta de segurança nessa área do município já havia sido debatido em plenário, sobretudo durante a votação do Projeto de Lei nº 157, de 2022, que trata da elaboração de um acordo de cooperação técnica entre as Guardas Civis Metropolitanas das cidades da região. Essa ocasião mostrou a necessidade de uma audiência pública para ampliar a discussão, com troca de ideias sobre possíveis soluções e orientações das autoridades de segurança para a população.

Na audiência, os presentes reconheceram o trabalho já realizado pelas autoridades de segurança pública no município e discutiram propostas para aprimorá-lo. Uma delas foi a expansão da rede de monitoramento das estradas rurais, tanto para coibir o crime quanto para auxiliar a investigação de crimes já ocorridos. Outra medida levantada foi a necessidade de maior patrulhamento preventivo, que conheça a região e seus moradores. Além disso, as autoridades de segurança orientaram os produtores rurais com dicas simples, porém eficazes. Por exemplo, realizar marcas discretas no maquinário para que, no caso de um furto ou roubo, elas possam servir como critério de identificação do verdadeiro dono se o maquinário for recuperado.

A audiência contou com a presença da Presidente da Câmara, Vereadora Sônia Regina Rodrigues Módena (PSD), dos Vereadores Ademir Souza Floretti Junior (Republicanos), Joelma Franco da Cunha (PTB), Dr.ª Lúcia Tenório (Cidadania), e Mara Cristina Choquetta (PSB), do Secretário de Segurança Pública, Luiz Carlos Pinto, do Secretário de Agricultura e do Meio Ambiente, Oberdan Qualio Alves, dos representantes da Polícia Civil, Delegados Dalton David Ferreira e João Luís Rissato, e da Polícia Militar, Major Marcos Sandres e Capitão Tiago Coradi, representantes da Guarda Civil Municipal, entre outras pessoas.

 

 



Mais Notícias

16ª Sessão Ordinária: veja projeto de lei aprovado em segundo turno

Ler a notícia

Toneladas de doações, arrecadadas na Câmara, são enviadas para o Rio Grande do Sul

Ler a notícia