Na manhã desta quinta-feira (25), a servidora pública da Câmara Municipal, com suspeita de ter sido infectada pelo coronavírus, apresentou o resultado negativo para a COVID-19. O exame coletado, há oito dias, é o chamado RT PCR - (SWAB).
O estado de saúde dela é considerado bom, já não apresenta mais sintomas. Apesar disso, ela continua em observação, por orientação da Vigilância em Saúde.

A Câmara Muncipal não tem, atualmente, nenhum outro servidor ou vereador com suspeita da Covid-19. A Casa de Leis tem dois casos positivos doença que já receberam alta médica.

Nesta sexta-feira (26), por iniciativa da Mesa Diretora da Câmara os dois prédios da Câmara passarão por um processo de sanitização/desinfeção dos ambientes. Como os servidores estão em quarentena, trabalhando em home office com data prevista até 30 de junho, a desinfecção não irá interferir em eventuais atendimentos.

A Mesa Diretora ainda estuda a elaboração de um novo ATO para possível ampliação da quarentena até o dia 08 de julho, seguindo decreto municipal, editado pelo prefeito Carlos Nelson, a partir desta última quarta-feira.

Segundo o ATO da MESA de nº 15/2020, o atendimento ao público externo continua sendo feito em forma de teletrabalho e o contato pode ser pelos seguintes emails: 

I- Contabilidade - e- mail: [email protected]

II- Secretaria Legislativa – e-mail: [email protected];

III- Procuradoria Jurídica – e-mail: [email protected]; e

IV- Presidência – e-mail: [email protected]

Além disso, os vereadores e respectivos assessores poderão ser contatados também pelos emails da Câmara ou pessoais e ainda pelos telefones e redes sociais.

 



Mais Notícias

Duas sessões antes do recesso parlamentar acontecerão numa única noite; no dia 13/07

Ler a notícia

Quarentena da Câmara é prorrogada até dia 14/07; servidores trabalham em home office

Ler a notícia