Na manhã desta quarta-feira (17), a Câmara Municipal recebeu a notificação de um novo caso suspeito da Covid-19 entre servidores.
Com sintomas de cansaço físico, um pouco de dificuldade na hora da fala, leve coriza e dor de cabeça e, considerando dois casos positivos na Casa de Leis, a servidora buscou atendimento na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) na zona leste.

Por orientação médica, a servidora coletou exame, o chamado RT PCR - (SWAB), por isso deverá constar na estatística do Município como mais um caso em investigação da Covid.
A servidora não apresenta sintomas graves, está medicada e em isolamento domiciliar, aguardando o resultado do exame.

Os demais sesrvidores foram comunicados da suspeita e recomendados a manterem a quarentena estabelecida pela Câmara, ficando no máximo de isolamento social possível e, caso algum deles apresente sintomas, que procure o atendimento médico.

A Câmara Municipal tem dois casos positivos da Covid-19. Ambos, estão em isolamento domiciliar.

Vale lembrar que, desde o dia 09 de junho, os funcionários da Casa de Leis estão em nova quarentena, com suspensão das atividades administrativas, até o próximo dia 30. A decisão foi adotada para garantir mais segurança aos demais servidores, evitando possível transmissibilidade do coronavírus.

Segundo o novo ATO da MESA de nº 15/2020, o atendimento ao público externo continua sendo feito em forma de teletrabalho e o contato pode ser pelos seguintes emails: 

I- Contabilidade - e- mail: [email protected]

II- Secretaria Legislativa – e-mail: [email protected];

III- Procuradoria Jurídica – e-mail: [email protected]; e

IV- Presidência – e-mail: [email protected]

Além disso, os vereadores e respectivos assessores poderão ser contatados também pelos emails da Câmara ou pessoais e ainda pelos telefones e redes sociais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Mais Notícias

Duas sessões antes do recesso parlamentar acontecerão numa única noite; no dia 13/07

Ler a notícia

Quarentena da Câmara é prorrogada até dia 14/07; servidores trabalham em home office

Ler a notícia