Na sessão dessa segunda-feira (10/10), os vereadores aprovaram uma Moção honrosa de aplausos e congratulações para a mogimiriana Amália Barros (PL), eleita Deputada Federal pelo Estado de Mato Grosso, nas eleições de 02 de outubro de 2022.

A Vereadora Luzia Cristina (PDT), autora da iniciativa, disse que a moção era de todos os vereadores e destacou a coragem de Amália Barros de competir para um cargo que necessita de tantos votos, como o de Deputada Federal. “E que outras Amálias venham por aí, empoderamento da mulher na política”, enfatizou a vereadora, na companhia da ex-vereadora Maria Helena Scudeler de Barros (mãe de Amália).

Atualmente Secretária de Relações Institucionais da Prefeitura, Maria Helena agradeceu, em nome da filha, a cada vereador, relembrou a luta de Amália Barros para que os monoculares tivessem seus direitos reconhecidos como deficientes e fez votos para que ela tenha uma boa atuação na Câmara Federal.

Rotaract Clube

Na mesma sessão, a Câmara também aprovou uma Moção de aplausos e congratulações para Brenda Caroline Conttessotto, na condição de primeira mulher presidente do Rotaract Clube de Mogi Mirim, exercendo suas funções de forma íntegra e humana, empenhada na valorização de questões sociais e no desenvolvimento pessoal dos integrantes do clube.

Segundo a Vereadora Joelma Franco da Cunha (PTB), autora da iniciativa, o ingresso de Brenda Caroline no referido clube teve como objetivo contribuir com as necessidades das pessoas, além do desenvolvimento de habilidades e competências como oratória, liderança e trabalho em grupo. “Atualmente com todos os méritos é a primeira presidente mulher do clube, contando com a maior parte de sua diretoria também composta por mulheres empenhadas e comprometidas com os propósitos do Rotaract Clube”, frisou a vereadora.

 



Mais Notícias

NOTA DE PESAR: Câmara Municipal lamenta o falecimento do Dr. Raji Rezek Ajub, Presidente do Hospital 22 de Outubro

Ler a notícia

Veja as proposituras aprovadas e as propostas rejeitadas na 15ª Sessão Ordinária

Ler a notícia