Na 4ª Sessão Extraordinária de segunda-feira (03), os vereadores aprovaram por unanimidade o Projeto de Lei nº 48, de 2023, de autoria da Vereadora Mara Cristina Choquetta (PSB). O projeto denomina oficialmente de Avenida Prefeito Romeu Antônio Bordignon a Avenida Projetada ao longo da faixa de domínio da CTEEP, entre a Estrada Municipal Luiz Gonzaga de Amoêdo Campos e a malha ferroviária. A via liga a Região do Morro Vermelho à estrada que leva para a região da cachoeira.

O ex-Prefeito Luiz de Amoedo Campos Netto (que governou o Município por dois mandatos, entre 1973-1976 e 1983-1988) esteve presente para acompanhar a sessão e os projetos, entre eles, o PL nº 48/2023.  

Prefeito Romeu Antônio Bordignon

Em Histórico anexado ao projeto, a autora explica que a denominação oficial busca homenagear "um dos mais dinâmicos prefeitos que Mogi Mirim já teve". Assim como, dignificar a trajetória de Romeu Bordignon como empreendedor privado, na construção de conjuntos residenciais no Município.  

No texto, a Vereadora Mara Cristina Choquetta destaca as principais realizações da gestão de Romeu Bordignon, entre os anos 1989 e 1992, na Prefeitura de Mogi Mirim.

Uma dessas realizações foi a implantação da Avenida 22 de Outubro. O planejamento para a construção da via começou durante a administração de Luiz Gonzaga de Amoêdo Campos (1964-1968), no entanto, a concretização do projeto esbarrou em dificuldades financeiras e técnicas.

Ao  assumir a Prefeitura em 1989, com a experiência de ter sido Vice-Prefeito e diretor de obras na segunda gestão de Luiz de Amoedo Campos Netto (1983-1988), Romeu assumiu o desafio de implantar a avenida.

"Com seu característico cuidado com as finanças públicas, ainda cuidou para que todos os compromissos resultantes da obra estivessem quitados antes mesmo da sua inauguração. Assim, quando a Avenida 22 de Outubro foi entregue à população, a desapropriação das áreas necessárias para a obra já estava paga, assim como todos os melhoramentos, como redes de água e de esgoto, guias e sarjetas, iluminação pública e o asfalto. Mais que isso, três meses depois toda a avenida foi amplamente arborizada."

Ainda segundo o documento, uma das marcas da gestão Romeu Bordignon foi o asfaltamento, com aproximadamente 48 quilômetros de vias pavimentadas.

Além disso, naqueles quatro anos, investimentos em educação possibilitaram  o aumento do número de alunos de 1450 para 2300 e a implementação do Centro de Aprendizagem para Deficientes Auditivos (CAMDA) – que se expandiu para o atual Centro Municipal de Apoio e Atendimento Especializado (CEMAAE).

Na área da cultura, escreve a autora do projeto, houve a implantação do Centro Cultural "Professor Lauro Monteiro de Carvalho e Silva", a partir da doação pelo governo do estado, do prédio na Avenida Santo Antônio, onde funcionava, décadas antes, o Fórum local. "Com um pioneirismo marcante, fez a sua reforma e instalou no local biblioteca, oficinas de arte, espaço para exposições e outros melhoramentos, criando no prédio que jazia abandonado junto ao centro da cidade um dos mais modernos centros culturais da região."

Na área habitacional, a gestão de Romeu Antônio Bordignon construiu mais de três mil moradias, através de empreendimentos públicos executados com recursos federais e estaduais. E, na área da saúde, implantou o Centro de Especialidades Médicas, construído na Avenida Adib Chaib, entre outras unidades.

O documento destaca ainda a instalação da sub-prefeitura de Martim Francisco e realizações na área ambiental e no abastecimento de água. Para conferir o texto na íntegra, acesse este link.

Na política, Romeu ainda foi Vice-Prefeito na gestão de Carlos Nelson Bueno, entre os anos 2005 e 2008. 

Romeu Antônio Bordignon foi casado com Clarice Guarinieri Bordignon, com quem teve os filhos Leandra, João Neto e Ricardo.

Romeu faleceu em abril de 2022, aos 75 anos.        

 

 

 



Mais Notícias

Audiência pública discute temas de saúde e o serviço da Avante Social nos Centros de Atenção Psicossocial

Ler a notícia

Confira as proposituras aprovadas na "Ordem do Dia" da 20ª Sessão Ordinária

Ler a notícia